contato@psico-online.psc.br

(48) 98821-5097

Blog
A noite de São João e o Fogo da Transformação
Postado em 24 de Junho de 2016.


Muitas tradições apontam que a noite de São João é comemorada ao redor de uma fogueira pelo simbolismo de transformação a que o fogo remete. Da mesma forma as festas juninas, com toda sua temática fazem referência ao retorno às origens. A princípio o simbolismo da roça sugere um contato com a ancestralidade, e nos liga a um imaginário relacionado com os traços da cultura brasileira que apresenta uma formação historicamente rural.


O sentido psicológico do retorno às origens consiste na possibilidade de retomar alguns pontos da própria história individual que ainda possam não estar bem elaborados. Por isso, o retorno a um passado simbólico possibilita entrar em contato novamente com memórias, sentimentos e emoções que foram vivenciadas em outros períodos longínquos da vida, principalmente da infância, nos quais os principais traços da personalidade são formados.


A sensação de nostalgia que as festas juninas evocam está inscrita dentro de uma tradição cultural que também diz respeito à formação dos traços de identidade cultural de um povo. Neste sentido, o encontro das lembranças e memórias individuais com os elementos culturais que contam a história de um coletivo promove a possibilidade de dar um novo significado para estas vivências.


Como foi dito, estas memórias estão na base da formação da própria personalidade, assim, conforme se tem a oportunidade de ressignificar estas lembranças, é possível alargar a compreensão da importância destas vivências na formação da própria história. O contato com suas raízes permite se tomar consciência da matéria prima subjetiva e emocional utilizada na construção dos alicerces da própria estrutura psicológica.


Aqui entra o simbolismo do fogo na noite de São João. Sabemos que esta data representa principalmente em algumas regiões do Brasil, como o Nordeste e outros estados do grande interior brasileiro, um retorno de grande parte da população às suas cidades natais. O contato e o reencontro com um núcleo familiar ancestral, do qual na vida moderna das grandes cidades encontra-se muitas vezes esquecido ou adormecido no fundo de gavetas e fotografias, mas que, no entanto não é frequentemente vivenciado em um âmbito subjetivo e emocional.


Nesta noite, tradicionalmente nas pequenas cidades do interior do país, muitas famílias acendem uma fogueira na frente de suas casas em homenagem a São João e recebem os demais amigos e familiares para uma confraternização em volta desta fogueira. O grande simbolismo deste encontro ao redor do fogo tem um significado psicológico, cultura e social muito profundo. Pois, enquanto se dão estes reencontros, as emoções e sentimentos gerados a partir destas vivências podem ser literalmente queimados nesta grande fogueira.


O sentido de transformação destes laços que nos unem ao passado e a própria história gera uma possibilidade de transformação individual e social, através deste grande símbolo e de toda uma ritualística envolvida em uma áurea mística e religiosa que alimenta a vida espiritual do povo brasileiro. Mas, que também remete à possibilidade de interiorização e reflexão dos elementos que fazem referência a uma profundidade psicológica, através do contato com conteúdos, imagens e símbolos do grande inconsciente coletivo.




Faça o seu login e agende sua consulta:

Login

Site Regulamentado pelo CFP
Atendimento Psicológico On-line

Fábio Lessa Peres
CRP 12/08899


© Psico-online 2015.
Todos os direitos reservados.